Dux Accounting

(11) 97145-7982

comercial@duxaccounting.com

Prevenção de passivos trabalhistas e tributários

De acordo com dados do Tribunal Superior do Trabalho (TST), em 2021 foram registrados mais de 1,265 milhão de novos processos trabalhistas no Brasil.

Sendo assim, a prevenção de passivos trabalhistas é um assunto de extrema importância para empresas de todos os portes e segmentos. Esse tipo de passivo pode surgir de diversas maneiras, como, por exemplo, descumprimento de normas trabalhistas e a falta de pagamento de direitos trabalhistas.

Além desses passivos, existem os passivos tributários, que assim como os trabalhistas, podem gerar grandes prejuízos financeiros e danos à imagem da empresa, além de possíveis sanções. Nesse sentido, é fundamental que as empresas invistam em medidas preventivas para evitar a ocorrência de ambos os passivos.

Neste artigo, vamos explorar as principais medidas preventivas que podem ser adotadas pelas empresas para a prevenção de passivos trabalhistas e tributários, com o suporte de uma contabilidade especializada.

Passivos Trabalhistas e Tributários: o que são?

Antes de explorarmos como prevenir os passivos trabalhistas e tributários, é importante entender do que se trata cada um deles.

Os passivos trabalhistas são dívidas e obrigações que uma empresa tem com seus funcionários. Podem incluir questões como pagamento de salários atrasados, férias, décimo terceiro, rescisões contratuais, entre outros.

Esses passivos podem surgir por diversos motivos, como falhas no cálculo de folha de pagamento, desrespeito à legislação trabalhista, entre outros.

Já os passivos tributários são dívidas e obrigações que uma empresa tem com o governo, como impostos atrasados, multas, juros e correções. Esses passivos podem surgir por diversos motivos, como falhas no cálculo de impostos, descumprimento de obrigações acessórias, entre outros.

Ambos os tipos de passivos podem ter impactos significativos na saúde financeira e jurídica da empresa. Os passivos trabalhistas podem afetar a reputação da empresa perante seus funcionários, enquanto os passivos tributários podem gerar problemas com órgãos fiscalizadores municipais, estaduais ou federais.

Quais são as obrigações trabalhistas e tributárias de uma empresa?

As obrigações trabalhistas e tributárias são fundamentais para garantir a regularidade e o sucesso de qualquer negócio. Independentemente do tamanho ou segmento da empresa, é necessário cumprir uma série de responsabilidades, desde o pagamento de salários até a quitação de impostos e contribuições sociais.

No que diz respeito às obrigações trabalhistas, é essencial que as empresas cumpram com as determinações legais referentes ao pagamento de salários e benefícios, bem como a realização do recolhimento de FGTS e INSS.

Além disso, a legislação trabalhista prevê o pagamento de horas extras, férias, décimo terceiro salário e outras obrigações que impactam diretamente o orçamento das empresas.

Já no âmbito das obrigações tributárias, as empresas têm a responsabilidade de cumprir com uma série de impostos e contribuições como:

  •   Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ);
  •     Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL);
  •     Programa de Integração Social (PIS);
  •     Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS);
  •     Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS);
  •     Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS);
  • Outras obrigações fiscais.

Por que a prevenção de passivos trabalhistas e tributários é importante?

Agora que entendemos o que são passivos trabalhistas e tributários, vamos explorar por que é tão importante preveni-los.

Em primeiro lugar, a prevenção de passivos pode evitar gastos desnecessários e prejuízos financeiros. Passivos trabalhistas e tributários geralmente envolvem multas, juros e correções que podem somar quantias significativas, afetando diretamente o fluxo de caixa da empresa.

A prevenção de passivos também pode evitar problemas jurídicos e fiscais que afetam a imagem e reputação da empresa. Caso a empresa seja processada ou autuada, isso pode afetar negativamente sua reputação perante clientes, fornecedores e até mesmo o mercado em geral.

Como uma contabilidade ajuda na prevenção de passivos trabalhistas?

Por uma análise minuciosa das obrigações trabalhistas e tributárias da empresa, a contabilidade pode identificar possíveis irregularidades e orientar a empresa a tomar medidas preventivas para evitar passivos trabalhistas e tributários.

Uma das principais maneiras que a contabilidade ajuda na prevenção é através da gestão eficiente de documentos e informações trabalhistas e tributárias da empresa. A contabilidade pode garantir que toda a documentação esteja em ordem e atualizada, evitando a perda de prazos e pagamentos indevidos.

Além disso, pode orientar a empresa sobre a correta aplicação da legislação trabalhista e tributária, evitando, erros que possam gerar passivos.

Outro papel importante da contabilidade na prevenção de passivos trabalhistas e tributários é na orientação sobre a melhor forma de se estruturar a empresa e a remuneração dos colaboradores.

A contabilidade pode analisar as especificidades de cada caso e orientar sobre a melhor forma de estruturar a empresa e os salários, prevenindo possíveis problemas trabalhistas e tributários, garantindo a regularidade do negócio.

https://duxaccounting.com.br/contato/

 

Conheça mais das soluções da Dux Accounting!

Caso esteja buscando ajuda na prevenção de passivos trabalhistas e tributários, saiba que a Dux Accounting pode ser sua parceira nesse processo.

Nós somos especializados em consultoria tributária e trabalhista, e estamos prontos para auxiliá-lo a potencializar seus negócios.

Com uma equipe formada por 35 profissionais diretos e indiretos, estamos comprometidos em oferecer as melhores soluções para nossos clientes, trabalhando sempre segundo a cultura da nossa empresa. Não hesite em entrar em contato conosco para conhecer nossas soluções.

E se quiser saber mais sobre nossa empresa, confira nosso blog e nossas redes sociais.

Leia mais: Como a contabilidade gerencial interfere nos processos da empresa?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *